Entrevista: Nicolas Catalano


1-Como começou o seu interesse pelo fantástico mundo da escrita? Acredito que, tudo começou, a partir do momento que eu soube que livros tornam-se filmes. Era como se a fantasia pudesse virar realidade. :)!
Jogos Vorazes foi o toque final que eu precisei para enxergar isso.


2- Todo escritor, normalmente é também um grande leitor. Conte-nos quem são seus autores favoritos? Algum deles inspirou a sua escrita? Gosto muito da Suzanne Collins, J.K. Rowlling, Veronica Roth, Rick Riordan, Katherine Peterson, James Dashner e Carolina Munhóz.

Acredito que esses autores são primordiais. Confesso, senti-me bastante inspirado pela Carolina Munhóz, que é uma pessoa incrível. A sede e o prazer dela, lançando e fazendo sucesso como autora Nacional, é algo tremendamente inspirador para mim!


3- Qual foi o trecho do livro que você mais gostou de escrever? Rs! Difícil escolher um só, pois sou muito apegado a todos eles. Mas acredito que o eu mais gostei de escrever foi "O Jogo da Bandeira do Labirinto". Tudo fluiu muito naturalmente, de maneira dinâmica. Aliás, era/é uma parte em que as reflexões e visões de Evangellyne não estavam sendo o "foco", como sempre (a não ser as pressões... rs). Com base nisso, foi uma parte bastante divertida para ser escrita!


4- Qual de seus personagens é o seu favorito ? Por que? O que ele significa para você? Evangellyne Allins. Eu pensei muito antes de responder. Rs! Mas não tem jeito! Ela é a minha personagem favorita. O jeito como ela enxerga o mundo caótico em que vive, é de se admirar. E a força que ela tem que encontrar dentro de si mesma (diversas vezes) para continuar, é algo realmente inspirador. Além de tudo, Evangellyne tem um coração puríssimo; tem devida bondade dentro de seu ser. Isso acaba atrapalhando um pouco suas interpretações, pois ela teve de se adaptar a algo que ela não queria... Mas, acredito, que a vida é assim. É a realidade. 

Hoje em dia, descobrir-se tem suas consequências. As pessoas gostam muito de julgar os outros, e acabam deixando de cuidar da própria vida, assim como acontece em Espelho dos Olhos.

5- O que A Saga Declínio significa para você? O livro já mudou de alguma forma a sua vida? Acredito que o "Nicolas Catalano" significa "Espelho dos Olhos". O livro tem um valor imensurável para mim. Ele evoluiu a minha vida de uma maneira fenomenal. Criou novos sentidos e prazeres. Ampliou a minha visão como ser humano. Eu sou extremamente grato por isso...

6-Como se sente quando vê que as pessoas estão gostando do seu trabalho? Me sinto mágico. Com luzes dentro do meu peito. O sentimento da gratidão é magnífico... Ver que pessoas conseguiram gostar daqueles sentimentos/dores/felicidades/momentos/nostalgias/evoluções/estágios/amores/trabalhos árduos que você transformou em arte visível, é algo impagável.

7- Qual a emoção de ter seu primeiro livro publicado? A emoção é a maior do mundo! Uma grande satisfação que brilha dentro de todos os meus sentidos. Às vezes, penso que estou sonhando. Mas lembro-me: a gratidão é persuadida 100 por cento dentro do meu corpo. Eu sou muito grato por isso!

8- Você tem alguma inspiração quando escreve ou tudo vai simplesmente surgindo? Acredito que as músicas me inspiram de um jeito anormal. Assim como as pessoas que convivi e convivo. É uma junção. Ah! Vozes me inspiram. Timbres e expressões.

Para se ter ideia, tenho um bloco de notas no celular, e faço anotações quase toda a hora. A inspiração surge bem no momento de maior tranquilidade. Por isso, tento ao máximo sentir-me "leve" (mesmo que seja difícil na maioria das vezes, devido à corrida vida que levamos diariamente).

9- Qual seria sua maior "dica" para quem quer começar a escrever "Profissionalmente"?  Acreditar e visualizar mentalmente todos os dias que você será aquilo que quer ser. Deve haver devida atração pelo sonho, emitindo somente energias positivas e alegres. O otimismo é crucial!!! Aliás, escrever profissionalmente faz você amadurecer e evoluir muito. Então, prepare-se para um novo "tipo" de vida. 

10-Quais são os seus próximos planos literários? Tem algum projeto em andamento que possa revelar? Tenho váaaaaarios planos literários! Estou bem animado! Contarei a vocês: já estou escrevendo o 2º livro, a continuação de Espelho dos Olhos, intitulado "Espelho de Sangue". Assim como outro, chamado "De Janela à Janela" (o qual contará a história de Fárfara Claus, a mulher do cientista que deu origem ao país genético em Espelho dos Olhos).

Muito obrigado novamente, por conceder essa entrevista. Agora para finalizar o espaço é todo seu: Deixe uma mensagem/recado para seus leitores.

Jamais deixe que os outros digam o que você é ou o que você não é. Você está dentro do seu corpo, e se conhece melhor que ninguém!

Para mais Informações:
Facebook: Aqui
Site Oficial: Aqui

Postar um comentário