Resenha: Espelho dos Olhos


Sinopse: 
E se por causa de uma revelação sua vida mudasse? E se por causa de ser quem você é as pessoas te julgassem sem ter conhecimento algum? Revelar-se, às vezes, pode não ser uma boa ideia. Mas é preciso.

Enquanto Evangellyne Allins tenta sobreviver a uma Escola tirana, num país onde a cor dos olhos, Elites e Classes de Talento são o que importa, a vida de seu querido pai está em risco.

Será que valerá a pena enfrentar todos os seus reflexos mais profundos e íntimos pela pessoa mais amada? Tortura. Medo. Aversão. Evangellyne será forçada a descobrir-se e obrigada a arcar com as consequências desoladoras de sua revelação; e seu Espelho dos olhos a transformará inconscientemente.



Resenha:

 Desde o momento que ouvir falar sobre o livro Espelho dos Olhos, que foi escrito pelo autor Nicolas Catalano, fiquei super encantada com a capa e com a sinopse. Assim que o livro chegou em casa, comecei a ler rapidamente e o mais incrível e que a cada página mais presa eu ficava a trama que é simplesmente encantadora!

Evangellyne Allins garota de 17 anos de cabelos longos loiros de olhos verdes que vive em um vilarejo na capital da ilha do sul, a ilha da madeira.
Uma ilha diferente onde a cor dos seus olhos te define, mostra de que classe de talento você pertence sendo elas: Os Vocalizadores com os olhos roxos, Os Guerreadores com os olhos amarelos, Os Arcanos com os olhos vermelhos, Os Sirens com os olhos azuis, Os Glorificadores com os olhos verdes, Os Pintores com os olhos cinza, Acrobatas com os olhos rosa e  Guardiões com os olhos castanho. E os Sem-classe de olhos pretos mas que não possuem nenhuma habilidade.
Todo ano todas as pessoas que tem 17 anos, renda estável e que seja uma classe de talento tem a chance de embarcar na escola talental para se tornar "alguém na vida."

" Ás vezes, confundo-me pensando se sou realmente errada em não ser fútil e não me gabar por estudar nessa temível, sonhadora e idolatrada escola."

Mas para Evangellyne tinha um problema ela tinha olhos verdes mas não tinha os poderes que a classe concedia. Com isso ela começa a entrar em situações difíceis e tendo como unica solução entrar para a grandiosa escola talental contra sua vontade para salvar a pessoa que mais ama nessa vida.

"O amor do meu pai é o único sentimento que me faz viver."

 Agora com o nome de Eva Banshester e com um novo visual ela deixa de ser a pequena Evangellyne se tornando uma menina a triste que perdeu a vontade de viver, ela tenta ser forte pelo seu pai tenta de todas as maneiras sobreviver na escola onde descobre coisas terríveis, mas faz belas amizades.

O livro tem um desfecho surpreendente e não vou esconder... O vice-rei Atlas me matou de raiva.Um livro super incrível, de leitura rápida e super gostosa. 

Se você gosta de um bom livro, vai simplesmente amar Espelho dos olhos...; uma história para ler, refletir e guardar na memória com carinho e pra sempre.

Geralmente as pessoas pulam o prólogo, mas eu recomendo que não façam mais isso, pois o prólogo desse livro foi simplesmente fantástico. 

Ah para finalizar preciso urgentemente da CONTINUAÇÃO.


Avaliação:


1 comment

Anônimo 4 de março de 2016 08:56

Parece bem interessante,resenha bem feita.

Postar um comentário