Resenha: O Mesmo Sol que Rompe os Céus

Siiim primeira resenha do ano! hoje trouxe para vocês o livro: O Mesmo Sol que Rompe os Céus, do autor Mustafá Ali Kanso, publicado pela editora Fragmentos.

Mustafá criou uma história sensacional! usou uma escrita de forma adequada e gostosa de se ler, assim deixando a história mais completa. 



Heitor Guimarães é um grande empresário de uma empresa de tecnologia, sofre um acidente que toma conta de seu cérebro, Heitor sofre de lucidez, anda tendo lapso e sonhos reais, após o acidente a vida de ambos vira de cabeça para baixo, Helena vira sua nova paixão, mas, havia uma verdade que se unia com essa moça, e ele tinha que descobrir, Helena seria real? ou só coisa de sua cabeça que prendia- se a ela?.



 Heitor sentia o mundo fugir dos seus pés.

Mustafá fez seus personagens bem trabalhados e reais, achei incrível! O autor mantém os mistérios bem presos e isso faz com que ficamos unidos até o final.



Não esperava muita coisa desse livro, assim como ele trouxe, a ficção faz-se mistura com a realidade de modo que não se pode provar, achei a narrativa em especial envolvedora, acreditei no potencial de Mustafá e ele arrasou, de todas formas, adorei o livro, traz-se um final muito surpreendente


Recomendo muito para todos! 



Lidos 2017: 1

3 comments

Alice Martins 4 de janeiro de 2017 14:22

Olá,

O livro parece ser bem interessante. Gosto de personagens e de uma estória bem real, pois sempre me envolve completamente e me surpreende, por sua narrativa e lições! Acho que gostaria do livro!

Beijos,

Gnoma Leitora

O Que Tem Na Nossa Estante 4 de janeiro de 2017 17:59

Interessante a premissa do livro, é sempre muito bom quando a gente se surpreende com uma obra né?

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante

Alice Teixeira 5 de janeiro de 2017 19:22

Olá querida,
Adorei a resenha. A premissa é ótima e o enredo é envolvente. Vou procurar mais resenhas do livro, mas pretendo ficar um pouco longe no momento. Estou com uns 30 livros para ler e resenhar até março, imagina?!

Beijos, Enjoy Books

Postar um comentário