Resenha: Rascunhando Sobre a Vida

Autor: Gaston Leonardo Stefani
Editora: Futurama 
Páginas: 94

Oii gente! hoje trouxe para vocês a resenha de um livro que promete fazer que soltemos vários risos e irmos além com nossa imaginação, e o livro de hoje é o Rascunhando Sobre a Vida, do autor  Gaston Leonardo Stefani!

O livro foi publicado pela editora Futurama, contêm folhas brancas mas com um material muito bom, Rascunhando Sobre a Vida é um livro leve, com uma escrita incrível e admirável do autor.

O outro lado de tudo 

Por que choras, amigo?
Não sabes que a vida é assim?
Ás vezes, pedras no teu caminho;
outras, flores no teu jardim




O livro traz-se temas variados como a modernidade, o romantismo sempre presente no livro ao lado do humor sutil e irônico. Contos, crônicas e uma fonte de composições, um livro reflexível e ao mesmo tempo realista 

Adorei essa obra, é um livro com uma leveza, para ler com calma e apreciar a obra maravilhável que ela é, o sucesso e claro a habilidade do Gaston em fazer poemas de muita boa qualidade

 Rascunhando Sobre a Vida promete muito mais além de um livro normal, e sim uma entrada para um livro de diversos temas e gêneros, e com textos construídos com um ótimo humor. 

Agora, irei mostrar para vocês dois poemas que separei do livro, os que gostei muito; 

Abandonado
- um olhar no meio da noite -

Com um grito
de desalento
e nos braços da solidão
me atormento.
A alma na escuridão.


Vítima do mundo
que não me acolheu
eu me afundo
no breu


Respiro a fome,
já não vejo saída.
Sou um fudido na vida.


Sem ter o que comer,
sem ver o que fazer,
mergulho na desgraça
do meu próprio ser.
Não vou mais chorar
minha exclusão
Meu lar
é a sombra de uma ilusão.


Fome

Quero um prato de esperança 
temperado de ternura
servido com igualdade

Um abraço de carinho
um fio de felicidade

Que o presente
não se ausente
que o futuro
não se apague
nas lágrimas do passado

Que a morte eu afugente
e volte a ser criança
Quero apenas ser gente
ser humano
não alguém pela metade


Então foi isso pessoal! espero que tenham gostado!


"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos."


Compra;
Para ter o livro em mãos fale direto com o autor, via instagram ( @gastonlstefani )


Lidos 2017: 27



7 comments

Roberta Gouvêa 2 de julho de 2017 10:27

Olá, tudo bem?
Faz tempo que não leio livros do gênero. Geralmente, prefiro romances, mas Rascunhando sobre a vida parece ser muito interessante! Vou anota aqui! Beijos <3

Fabrica dos Convites 2 de julho de 2017 16:24

Lindos mesmo, e se esta pequena dose é uma amostra, imagino então o que encontrarei ao longo do livro. Obrigada pela dica.
Bjs, Rose.

Morgana Brunner 2 de julho de 2017 19:19

Oiii linda tudo bem?
Eu sou perdidamente apaixonada por livros assim que envolvem de certa maneira a vida que levamos e que temos de refletir, gostei de saber a sua opinião e com toda certeza leria, além disso, achei linda a edição.
Beijinhos

Célia Guimarães 3 de julho de 2017 04:32

Oi, tudo bem? Não costumo ler livros deste gênero mas parece ser muito edificante. Gostei dos trechos destacadas, parabéns pela resenha, beijos.

Livros em Retalhos 3 de julho de 2017 11:48

Não costumo ler livros assim, mas gosto muito de poesias, e de vez enquanto procuro um livro assim. Vou anotar aqui para essas ocasiões. Adorei o post. Bjs

Gleyse Vieira 3 de julho de 2017 16:11

Olá, gostei do livro. Só o título já chama atenção e nos fazer querer saber seu conteúdo. Não estou muito nada vibe de poemas, mas gostaria de conhecer mais da escrita do autor. Bjs

Michele Lopez 7 de julho de 2017 07:05

Olá,
O título chama bastante minha atenção e adorei os trechos que separou para nos trazer dela.
Confesso não ser grande fã de poesia, mas Gaston parece trazer a realidade de uma forma bem realista mesmo e com uma leveza interessante, tratando de diversos temas através de suas rimas.
A capa é muito bonita e anotei a dica para tentar fazer a leitura no futuro.

LEITURA DESCONTROLADA

Postar um comentário