Entrevista: Cláudia Miqueloti


Olá, sou uma pessoa que cresceu acreditando em histórias fantásticas. Apaixonada por imagens de criaturas mitológicas, muitas das quais servem de inspiração para minhas personagens. Jogar RPG (Role-Playing Game), o jogo de interpretação de personagens, fez com que eu tivesse vontade de criar histórias baseadas em campanhas de aventuras. Comecei publicando minhas poesias e contos em sites como Recanto das Letras, Overmundo e EscritArtes, além das postagens em meu blog labirintodosoledalua.blogspot.com. Logo a seguir, publiquei poesias em antologias como as do grupo Editorial Beco dos Poetas – SP e da Litteris Editora. Os comentários que recebi de minhas postagens fizeram com que me arriscasse a publicar um livro. Em 2011, minha primeira bienal, publiquei o livro Labirinto do Sol e da Lua (poesias) e em 2015, também na bienal RJ, publiquei A Deusa de Anília e Outras Histórias, um livro com 5 histórias fantásticas, independentes. 

Segue abaixo algumas perguntas.


1-Como começou o seu interesse pelo fantástico mundo da escrita?
Após ler alguns livros na infância como As Crônicas de Narizinho e muitos livros da Coleção Vagalume, comecei a criar minhas próprias histórias. Na adolescência, fui apresentada a poesia e me apaixonei. Aos 10 anos escrevi meu primeiro poema e hoje tenho mais de duzentos, escritos e registrados.

2- Todo escritor, normalmente é também um grande leitor. Conte-nos 

quem são seus autores favoritos? Algum deles inspirou a sua escrita?

Sim. Quanto mais se lê, mas se aprende. Viajar nas histórias e aprimorar o vocabulário é o dever de todo escritor. Michael Ende, autor de “A História Sem Fim” foi fundamental para preencher minha mente e vários cadernos de histórias. Marion Zimmer Bradley, teve sua parte de culpa com as histórias do “Rei Artur” e da “Quadrilogia do Trílio” (Trílio Negro, Trilho de Sangue, Trílio Dourado e A Senhora do Trílio). Neil Gamain e Terry Pratchett criaram tantos mundos e personagens incríveis que acabaram inspirando alguns de meus personagens. J. R. R. Tolkien, com seu maravilhoso mundo da Terra Média foi o ápice da inspiração. Toda uma gama de personagens e mundos exóticos arrastaram seus tentáculos dentro de minha mente inquieta e ávida de novidades. Há muitos outros excelentes escritores, mas recentemente Raymond E. Feist, autor da Série Mago (Aprendiz, Mestre, O Espinho de Prata e As Trevas de Sethanon) vem sendo minha maior inspiração. 

3- Qual foi o trecho do livro que você mais gostou de escrever?
O início da história A Deusa de Anília, pois é repleto de sensibilidade, emoções desenfreadas e caos. Imagine um mundo quase perfeito que de repente se vê diante de situações desconhecidas que os fazem temer as próprias sombras. Gostei de descrever as sensações e atitudes dos anilianos perante os desafios da natureza.

4- Qual de seus personagens é o seu favorito ? Por que? O que ele significa para você?
Amigo, isso é difícil de responder. É como ter que dizer qual filho eu gosto mais. Vou tentar responder como se eu fosse uma leitora e não a escritora. RsrsEngraçado. Eu gosto do Velho Tubarão do Mar, personagem coadjuvante da história Tremaría e o Gigante da Montanha de Gelo. Foi um personagem criado de última hora, após estar com a história pronta. O que seria um relato chato e enfadonho, se tornou algo leve e engraçado. Gosto muito quando ele fala da Dona Morte Desavergonhada. Imagine um velho pirata vivendo de levar viajantes de um lado para outro em um barco caquético. Bem se sabe que ele não mente. Rsrs O Velho Tubarão do Mar foi inspirado em pessoas idosas e sua mania de falar demais sobre o passado e de achar que sabe mais da vida do que qualquer outra pessoa. 

5- Qual o significado do seu livro para você? O livro já mudou de alguma forma a sua vida?
É mais do que a realização de um sonho. É um presente para mim mesma e para o mundo. Sim. A Deusa de Anília e Outras Histórias tem atraído muita curiosidade e interesse. Estou feliz com essa recepção. As pessoas me tratam como autora e isso é mais do que gratificante, é recompensador.

6-Como se sente quando vê que as pessoas estão gostando do seu trabalho?
Quando um escritor cria algo e não mostra para ninguém é como se tudo o que escreveu não passasse de uma ilusão. Quando alguém lê o que escrevi e faz algum comentário, sinto como se as personagens criassem vida e minhas histórias passassem a fazer parte da vida de cada leitor.

7- Qual a emoção de ter seu primeiro livro publicado?
Bem, A Deusa de Anília e Outras Histórias é meu quase terceiro livro. Digo isso porque, o primeiro foi Labirinto do Sol e da Lua, meu primeiro filho e tão amado quanto os outros. Fui convidada pelo Grupo Editorial Beco dos Poetas e Escritores Ltda., a participar de um livro com dez autoras. O livro Meninas Super Poéticas II, onde publiquei dez poesias. Esses livros foram os percursores e me prepararam para as emoções que A Deusa de Anília está me proporcionando. É como viver o início de uma tempestade. Respiração suspensa, suor frio, inquietude e uma sensação de que algo vai acontecer. Estou vivendo de expectativas. E isso é bom e ruim. Porque não há como controlar as emoções.

8- Você tem alguma inspiração quando escreve ou tudo vai simplesmente surgindo?
Algumas vezes, as inspirações vêm em sonhos, outras quando estou lendo uma passagem importante de um livro ou de imagens que busco incessantemente na internet. Sou uma colecionadora de imagens de criaturas e mundos fantásticos, tenho até CDs e pen-drives cheio delas. Não tenho o costume de escrever os pontos principais e depois desenvolvê-los. Não sou metódica, nem organizada. Prefiro ir aos poucos e entrelaçar uma inspiração à outra até que algo seja criado. Prefiro escrever um passo de cada vez, testando os caminhos e arrebanhando confiança para chegar ao enlace da história.

9- Qual seria sua maior "dica" para quem quer começar a escrever "Profissionalmente"? 
Escrever e manter uma leitura diversificada e constante. Mas não guarde seus escritos para si. Ofereça-os como presente aos amigos, familiares, publique em sites e blogs, registre tudo o que escrever e envie para editoras, participe de concursos literários. Conheço muitas pessoas que vivem reclamando que não conseguem a chance que outros escritores conseguiram. Primeiramente, nunca pensei que fosse fácil. Nunca é., mas sou persistente. Teimosa. E posso até não ser uma autora best-seller, no entanto continuo sendo autora pelo simples fato de olhar para frente, sem invejar o sucesso alheio, galgando e ultrapassando meus próprios obstáculos.

10-Quais são os seus próximos planos literários? Tem algum projeto em andamento que possa revelar?
Comecei a escrever na plataforma do Wattpad um romance sobrenatural. Quem quiser conhecer o início, pois tive que dar uma pausa por conta do lançamento de A Deusa de Anília na bienal, aqui está o link: https://www.wattpad.com/story/32275838-inesperado-amorAlém dessa, tenho outras duas histórias para terminar. Uma sobre uma fada e um pirata e outra sobre um jovem que sai de casa para entregar uma encomenda para o pai e vive inúmeras aventuras.Em breve, teremos A Deusa de Anília e Outras Histórias na Amazon em eBook e o livro físico nas livrarias. 

Muito obrigado novamente, por conceder essa entrevista. Agora para finalizar o espaço é todo seu: Deixe uma mensagem/recado para seus leitores.

Agradeço imensamente a você Crisberg Luan e ao blog Febre de Livro por essa oportunidade. São pessoas como você que fazem o escritor e sua obra serem difundidos.

Acreditem nas histórias, mesmo que elas mintam para você. O que toda história deseja é não ser esquecida. Então, façam seu papel e deem liberdade a elas de fazer o que desejam. Incontestavelmente vocês serão recompensados. As histórias sempre serão uma parte de vocês. Sejam também uma parte delas. A Deusa de Anília e Outras Histórias agradece a todos os futuros leitores por aceitarem que ela seja parte de suas vidas. Que os deuses sejam bons e os protejam dos magos e criaturas cruéis e abomináveis.

Beijos doces.

Cláudia Miqueloti

1 comment

Lidiane Andrade 27 de outubro de 2015 12:41

Não conhecia a autora, foi bom saber um pouco mais dos livros dela, e quais seus projetos futuros.

Também tenho um blog, se puder visitar!
www.paginadaleitura.blogspot.com

Postar um comentário